Esclarecimento sobre as contaminações de açaí |

Esclarecimento sobre as contaminações de açaí

Devido as notícias e repercussões recentes sobre a contaminação do açaí no norte do Brasil, causada pelo barbeiro (parasita da doença de Chagas), queremos esclarecer aos nossos fornecedores e clientes, a procedência e cuidados do nosso açaí.

Estivemos presentes no norte do Brasil na colheita passada para entendermos todo o processo de extração e produção de açaí. Observamos que as populações locais possuem o hábito de consumir o açaí “cru” (batida da hora), na casa de açaí mais próxima. O que torna arriscado o consumo do açaí.

A colheita do açaí onde as contaminações ocorreram não é um polo fornecedor para o Sul do Brasil, não havendo pessoas infectadas aqui no estado de Santa Catarina.

O açaí da Selfsy é extraído de plantas industriais próprias para este fim, sendo pasteurizado e então congelado para embarcar ao seu devido destino. Os fornecedores não podem fazer a distribuição do açaí para outros estados brasileiros, se não passarem por este processo anteriormente.

Portanto a produção do nosso açaí passa por um processo de lavagem e pasteurização, o que elimina qualquer possibilidade de sobrevivência do barbeiro (parasita da doença de Chagas), sendo totalmente seguro o seu consumo.

Sabemos que as notícias muitas vezes assustam e questionamos sobre um produto do qual clientes e familiares consomem no dia a dia. Sendo assim, queremos deixar claro a origem e produção do nosso açaí, para que todos os nossos clientes se sintam seguros e confortáveis ao consumir nosso produto diante dessa situação.

Quaisquer dúvidas, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco.

Atenciosamente,
Selfsy